No Brasil, geração de energia eólica cresceu 55% e movimentou US$ 3,4 bilhões em 2016

A energia eólica, gerada a partir dos ventos, já representa 7% da matriz elétrica brasileira. Grande parte deste volume é proveniente dos 81 novos parques eólicos instalados em 2016. Juntos, eles acrescentaram 2 GW à capacidade instalada nacional, totalizando agora 10,75 GW distribuídos por 430 parques espalhados por vários estados. Neste quesito, quem lidera é o Rio Grande do Norte, com 125 empreendimentos, 25 deles instalados apenas em 2016.

 

No ano passado, o Brasil foi o quinto país que mais aumentou a capacidade instalada deste tipo de energia renovável no mundo e cresceu 55% sua geração em relação a 2015. Estes são alguns dados que integram o Boletim Anual de Geração Eólica 2016, publicação lançada recentemente pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).

 

De acordo com o diretor técnico da associação, Sandro Yamamoto, esse tipo de energia traz diversos benefícios, sobretudo para a região Nordeste, castigada por longos períodos de estiagem. “Considerando o período de 2009 a 2016, nós chegamos ao valor de cerca de US$ 32 bilhões investidos nestes projetos eólicos, movimentando toda uma economia de construção e cadeia produtiva, fábricas para a construção dos componentes utilizados nos aerogeradores”, detalhou.

 

 

No campo dos investimentos, o Brasil já é o 9º maior mercado para fonte eólica e gera mais de 30 mil postos de trabalho em sua cadeia produtiva, cada vez mais nacionalizada. Apesar do conturbado momento político e econômico vivenciado pelo Brasil, o diretor afirma que o setor se mantém otimista em relação aos próximos anos, apesar dos gargalos e desafios existentes.

 

Segundo Yamamoto, para 2017 e 2018 existe a expectativa de projetos que serão instalados em função dos leilões de energia que já foram realizados. “Porém, para 2019 e 2020 temos poucos projetos para instalação, em função principalmente da queda das atividades econômicas do Brasil”, ponderou.

 

A matéria completa está disponível no endereço: webradioagua.org.br

 

http://www2.webradioagua.org/index.php?option=com_k2&view=item&id=363%3Arefugio-biologico-bebe-onca-e-solta-em-recinto-aberto-pela-primeira-vez&Itemid=333

 

Em 2016, o setor eólico gerou energia equivalente ao abastecimento mensal de uma média de 17,27 milhões de residências por mês, o equivalente a cerca de 52 milhões de habitantes.