Adolescentes capacitados pelo PTI realizaram cobertura colaborativa do 8º Fórum Mundial da Água

Um grupo de adolescentes de Brasília (DF), capacitados pela Web Rádio Água – projeto de comunicação do Parque Tecnológico Itaipu (PTI) –, foi responsável por realizar uma cobertura colaborativa do 8º Fórum Mundial da Água. O evento reuniu, entre os dias 18 e 23 de março, mais de 100 mil pessoas de 170 países. 

 

As atividades foram divididas em dois momentos. Nos dias 15 e 16 de março, na sede da Agência Nacional de Águas (ANA), a equipe da WRA promoveu uma formação de comunicadores comunitários para os integrantes locais da Legião da Boa Vontade (LBV), na qual eles puderam ter noções básicas sobre técnicas de entrevista, produção textual, edição de áudio e publicação dos conteúdos.

 

Durante o Fórum, coube aos novos comunicadores a responsabilidade de produzir matérias sobre boas práticas relacionadas aos recursos hídricos. Os projetos foram selecionados pela organização do evento e expostos no espaço Mercado de Soluções, localizado na Vila Cidadã, área democrática do encontro.

 

“A parceria entre a Web Rádio Água e o Processo Cidadão no 8º Fórum Mundial da Água foi uma oportunidade de compartilhar, como foi o tema dessa edição, experiências e soluções em que a criatividade e a inovação tinham papel fundamental na proteção e na gestão dos recursos hídricos do planeta. Por meio desse processo colaborativo é que podemos ter um Brasil e um mundo mais justo”, destacou Morganna Mendes, consultora do Processo Cidadão do Fórum.

 

 

De acordo com Lina Silva, responsável pela área de Relacionamento Institucional da Legião da Boa Vontade (LBV), a ação teve grande importância para o desenvolvimento dos adolescentes. “Nos dias atuais, o conhecimento é a chave para abertura de portas, e os jovens, de uma forma geral, precisam acompanhar as tecnologias que estão sendo usadas na área de comunicação. Ficamos muito felizes que jovens atendidos pela LBV tivessem oportunidade de participar da oficina WRA, que alia a instrução, por meio dos conhecimentos adquiridos, que podem ser usados na vida toda, e a tecnologia, que faz com que mais jovens estejam aptos para o mercado de trabalho”, explica. 

 

Além dessa atividade, a WRA também foi apresentada em um dos side events do Fórum Mundial da Água, cujo tema abordado foi a Gestão Compartilhada da Água.


Os jornalistas Vacy Alvaro e Poliana Corrêa, da WRA, com os adolescentes da LBV.

 

Iniciativas

Ao todo, sete conteúdos colaborativos foram produzidos pelos adolescentes da LBV durante o Fórum Mundial da Água. “Foi uma experiência muito legal, algo que me acrescenta. Aprendi a editar áudios, a fazer textos jornalísticos, a entrevistar pessoas, e é uma coisa que eu com certeza vou levar para a vida. No dia prático, no Fórum Mundial da Água, eu fiz uma entrevista com estudantes da Universidade de Brasília (UnB) sobre o projeto AquaRipária. Lá eles mostraram como microorganismos presentes na água podem indicar se a água está poluída ou não”, explica a estudante Adhara Moreira, de 14 anos.  Todas as matérias estão disponíveis no link https://goo.gl/Ju92q1

 

Sobre o projeto

 

A Web Rádio Água é um projeto do PTI, por meio do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH), focado nas editorias Água, Energia e Sustentabilidade. Além do portal (www.webradioagua.org), a iniciativa conta com importantes parcerias para a disseminação de seus conteúdos a nível regional e estadual por meio de rádios comerciais e comunitárias. Conheça também as redes sociais da WRA: www.facebook.com/webradioagua e www.twitter.com/webradioagua

 

http://www2.webradioagua.org/index.php?option=com_k2&view=item&id=756:adolescentes-capacitados-pelo-pti-realizaram-cobertura-colaborativa-do-8o-forum-mundial-da-agua&Itemid=331

Ouça a matéria aqui.